Site do Café
Site do Café
Site do Café
JS Rural
Praias de Vila VelhaPraias próximas a Guarapari

Praias de Vila Velha

Vila Velha é o berço da colonização do solo Espírito-Santense, sendo fundada em 23 de maio de 1535 pelo donatário português Vasco Fernandes Coutinho. Esse fato deu ao município o título de Capital Histórica do Espírito Santo, figurando como a cidade mais antiga do Estado. As belezas naturais são evidenciadas pelos 32 quilômetros de litoral. As praias urbanizadas e outras ainda ornadas por concentrações de restinga são propícias ao banho, à pesca, a práticas esportivas e a programações artísticas e culturais.

Entre elas destacam-se: Praia da Costa, Praia de Itapoã, Praia de Itaparica e Praia da Barra do Jucu. Além das belezas das praias, Vila Velha conta com a biodiversidade da sua fauna e flora e também com as formações rochosas que ajudam a compor um lindo cenário. Vale destacar o Parque Natural Municipal Morro da Manteigueira, Parque Natural Municipal de Jacarenema, Monumento Natural Morro do Penedo e o Morro do Moreno.

BARRA DO JUCU

Nas ondas dos esportes, a folia também tem lugar. Localizada próximo à foz do Rio Jucu, a Barra oferece praias de ondas fortes e água limpa, point dos praticantes de surf e bodyboard, de onde já saíram campeões mundiais. A antiga vila de pescadores é apontada por profissionais como uma das melhores para a pesca de arremesso.

PONTA DA FRUTA

O balneário abriga três praias. Do lado sul do Morro da Igrejinha, os moradores chamam a faixa de areia de Praia Rasa. Ela é bucólica e tranquila, ideal para crianças, que podem brincar com liberdade em suas águas limpas de poucas e pequenas ondas. Mas, em dia de ressaca, o mar se agita e as ondas se transformam em território livre para surfistas e praticantes de bodyboard.

Lá existe uma colônia de pescadores tradicional, além de restaurantes que servem a tradicional moqueca capixaba. Há dezenas de barcos ancorados na areia, em um excelente cenário para uma fotografia com a família e os amigos. Além disso, o bairro tem em seu território parte da Praia da Baleia e, na divisa com Guarapari, está a Praia do Buraco, chamada assim pelos surfistas profissionais que frequentam o local.

PRAIA DA BALEIA

Estendendo-se por três bairros, essas praias compreendem faixa de areia contínua, mudando de nome entre Morada do Sol, Interlagos (Grande) e Ponta da Fruta (Baleia). O mar é agitado, com repuxo. Entretanto, essas condições são favoráveis, em especial na parte central, à prática de surf e bodyboard. Na Baleia, há uma faixa de corais, perfeita para quem gosta de apreciar as belezas da natureza.

PRAIA DA COSTA

Uma das mais badaladas praias de Vila Velha, a Praia da Costa se destaca pela infraestrutura completa, edifícios luxuosos e público variado. Água limpa, ondas mansas e faixa larga de areia atraem banhistas e visitantes.

PRAIA DE ITAPARICA
Quiosques, restaurantes na orla e iluminação noturna completam as ondas fortes e as águas de Itaparica. Em sua parte sul os frequentadores a chamam de praia de Coqueiral, uma referência ao bairro que fica na região. À noite, é point dos que gostam de diversão, lotando bares e casas noturnas nas imediações.

PRAIA DE ITAPOÃ
Com faixa de areia larga e ondas fortes, Itapoã exibe água limpa e infraestrutura completa, além de bares, restaurantes e casas noturnas. Para completar a bela composição, uma colônia de pescadores mantém as tradições. Já os adeptos da pesca de arremesso encontram nessa praia boa variedade de espécies. Aqui estão ainda as praias do Pompeia e da Pedrinha, famosos picos de ondas.

PRAIA DO RIBEIRO

Ali residiu Vasco Fernandes Coutinho, o primeiro donatário da Capitania do Espírito Santo, no Século XVI. São 200 metros de areia entre o Morro do Moreno e o farol de Santa Luzia, com vista para a capital do Estado, Vitória. Contemplativa, a praia tem acesso a uma trilha íngreme que leva ao Morro do Moreno e de onde se tem uma vista espetacular da entrada da baía de Vitória e do Mestre Álvaro, montanha localizada no município da Serra, na Grande Vitória.

PRAIA DOS RECIFES

Uma praia para levar a família. Piscinas naturais se formam entre os recifes, e os animais marinhos ficam à vista, como em verdadeiros aquários. Bucólica e pouco urbanizada, Recifes oferece contato com a natureza e momentos agradáveis de contemplação.


Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar
Fechar